Quantcast
Tecnologia

Stellantis fecha primeiro semestre com resultado recorde

Stellantis fecha primeiro semestre com resultado recorde

A Stellantis atingiu resultados recorde no primeiro semestre de 2022, com uma Margem Ajustada do Resultado Operacional (AOI) de 14,1%, 7960 milhões de euros de lucros líquidos e em Free Cash Flows Industriais, o valor de 5319 milhões de euros.

A empresa chegou ao segundo lugar no mercado EU30 em vendas de veículos a bateria elétrica (BEV), que alcançaram perto de 50% para 136.000 unidades, e de veículos de baixas emissões (LEV) e o terceiro lugar de vendas LEV, no mercado norte-americano.

 

Na América do Norte, a Stellantis atingiu uma AOI de 18,8% e registou um aumento da quota de mercado de 40 pontos percentuais, segundo comunicado “(…) face a igual período do exercício anterior para 11,3%”. Por outro lado, a quota dos EUA aumentou 50 pontos percentuais para 11,7%.

Na Europa Alargada alcançou uma AOI de 10,4%, superior em 160 pontos percentuais.

 

Em Itália e na Alemanha, o veículo a bateria elétrica mais vendido foi o Fiat 500 e em França, o Peugeot e-208.

Na América do Sul, a AOI mais que triplicou para € 1002 milhões de euros, com uma margem de 13,9%, com a Fiat a ser a marca mais vendida na região e a Jeep, no Brasil, como a marca de SUV mais vendida.

 

Na região do Médio Oriente e África, a margem AOI chegou a um recorde de 15,5% (472 milhões de euros).

Na China, Índia e Ásia-Pacífico, a margem de AOI foi de 13,4% e com a AOI superior em 40%, para 289 milhões de euros.

 

O CEO da Stellantis, Carlos Tavares, destacou a transformação da empresa “(…) numa companhia tecnológica de mobilidade sustentável apta para o futuro”.

Subscreva a nossa newsletter e não perca os principais projetos em termos de mobilidade na cadeia de abastecimento.