Quantcast
Tecnologia

Ford testa georreferenciação para reduzir automaticamente velocidade de veículos

A Ford está a testar um novo sistema de segurança, baseado em georreferenciação, sistema esse baseado num limite geográfico virtual, que um dia pode “eliminar completamente a necessidade de sinais de limite de velocidade.”

De acordo com o explicado em comunicado, “para além de tornar as ruas potencialmente mais seguras para os demais utilizadores e peões, o sistema Geofencing Speed Limit Control da Ford poderá ajudar os condutores a evitar multas por excesso de velocidade e a melhorar a paisagem urbana na envolvente rodoviária”.

 

“A tecnologia de veículos conectados tem o potencial comprovado de ajudar a tornar a condução no dia a dia mais fácil e segura, em benefício de todos, não apenas da pessoa que está ao volante”, afirmou Michael Huynh, Gestor, City Engagement Germany, Ford Europa. “A georreferenciação pode assegurar que as velocidades são reduzidas onde e quando necessário, ajudando a melhorar a segurança e a criar um ambiente mais agradável”, sintetizou.

Os testes realizados a esta nova tecnologia “são o resultado de uma colaboração entre a equipa da Ford City Engagement, funcionários municipais de Colónia e Aachen e engenheiros de software da Ford em Palo Alto, nos Estados Unidos”.

 

Na prática, esta nova tecnologia conecta o veículo ao sistema de georreferenciação para os localizar por GPS e para troca de dados, sendo que o condutor recebe a informação através do painel de instrumentos, piscando o novo limite de velocidade logo abaixo da velocidade instantânea, levando a que o veículo reduza, automaticamente, a velocidade programada para a da respetiva zona georreferenciada.