Quantcast
Tecnologia

Ford apresenta plano de iniciativas para baterias e veículos elétricos

Ford apresenta plano de iniciativas para baterias e veículos elétricos

A Ford anunciou iniciativas para a capacidade de fornecer baterias e matérias-primas, com o objetivo de cumprir as metas definidas: uma taxa de produção de 600.000 veículos elétricos (VE) até finais de 2023 pelo aumento da capacidade química das baterias e da garantia de contratos de utilização de 60 gigawatts/hora (GWh) como de mais de 2 milhões de VE anuais, no final de 2026, através do fornecimento de 70% da capacidade das baterias.

Os modelos Mustang Mach-E vendidos, no próximo ano, na América do Norte e os F-150 Lightning, no início de 2024, têm integrados packs de baterias de fosfato de lítio de ferro.

 

A Ford planeia localizar 40 GWh anuais de capacidade de fosfato de lítio de ferro e fornecer matérias-primas para baterias nos EUA, Austrália, Indonésia, entre outros países.

A empresa está a adicionar à oferta de produtos, células com base em fosfato de lítio de ferro (LFP) que assegura uma poupança de 10 a 15% em materiais da Ford.

 

O Centro de Eletrificação da Ford, em Colónia, na Alemanha, avançou com soluções que vão proporcionar a poupança de mais de 2000 toneladas de CO2 e, de acordo com o comunicado, “ (…) de mais de 2600 MWh de energia elétrica por ano”.

As iniciativas para o portfólio de veículos fazem parte do plano Ford+.

Subscreva a nossa newsletter e não perca os principais projetos em termos de mobilidade na cadeia de abastecimento.