Quantcast
Supply Chain 4.0

Amazon, UPS e FedEx implementam medidas para a entrega de encomendas

As vantagens do transporte expresso em veículos pequenos

A Amazon encontra-se a trabalhar na diminuição dos custos adicionais em armazéns que apresentam menor produtividade e com excesso de funcionários.

A retalhista está a planear a contratação de 150.000 trabalhadores para cargos sazonais na sua rede, nos EUA, bem como a preparar-se para responder à procura na época festiva.

 

Já a UPS e a FedEx revelaram que as suas taxas de entrega vão sofrer um aumento de 6,9% em média, que não considera as sobretaxas que podem aglomerar no custo final de envio de uma encomenda, que inclui taxas extra para entregas em zonas residenciais, o manuseamento de encomendas sobredimensionadas assim como entregas em áreas rurais.

Para além disso, ambas as transportadoras implementaram aumentos de tarifas em todos os serviços e categorias de peso de encomendas e a FedEx está a instituir uma sobretaxa com um custo de 13,25 dólares por pacote de encomenda para envios domésticos a códigos postais de zonas rurais contíguas nos EUA.

Subscreva a nossa newsletter e não perca os principais projetos em termos de mobilidade na cadeia de abastecimento.