Quantcast
Smart Cities

Coventry está a testar em ambiente real solução de transporte aéreo por drone

A cidade de Coventry, no Reino Unido, vai testar durante pelo menos um mês um heliporto para táxis aéreos. A ideia é simular o ambiente real de condução numa cidade desenvolvida e com elevada densidade populacional.

Segundo o explicado na imprensa internacional, este hub para veículos elétricos de decolagem e aterrisaem vertical estará a ser testado pela Air-One, sendo que depois destes teste o plano será de expandir esta rede para mais de 200 locais em todo o mundo nos próximos cinco anos.

 

O Urban-Air Port, da desenvolvedora de infraestrutura terrestre para táxis aéreos e drones de entrega autónoma sediada no Reino Unido, é apoiado pelo governo do Reino Unido e apoiado também pelo provedor de serviços de mobilidade Supernal, com sede nos Estados Unidos, testando-se neste espaço também o transporte de carga e não apenas de passageiros.

“A West Midlands Police e a Skyfarer estarão entre as primeiras a operar voos do local, mostrando como os vertiports da Urban-Air Port podem fornecer bases de drones para “proteção do céu” e entregas de carga de alto valor em um futuro próximo”, explica a publicação Smart Cities World.

 

“A inauguração da Air-One é um momento importante – é o passo inicial para uma nova era de transporte, uma era de viagens sem emissões e sem congestionamento entre e dentro das cidades que tornarão as pessoas mais saudáveis, mais felizes e mais conectadas do que nunca”, disse Ricky Sandhu, fundador e presidente executivo da Urban-Air Port.

“Os carros têm estradas. Os trens têm linhas. Os aviões têm aeroportos. Agora, os eVTOLs têm um Porto Urbano-Aéreo”, acrescentou este responsável.

 

“Desde o projeto, passando pela produção e agora a operação, a Urban-Air Port entregou o Air-One em apenas 15 meses, definindo o padrão de implantação globalmente e abrindo um mundo de possibilidades para a mobilidade aérea de resposta rápida”, sintetiza para terminar Sandhu.