Quantcast
Tecnologia

Eletrificação: Siemens investe em tecnologia automóvel de carregamento sem fios

Foi anunciado durante os últimos dias que a Siemens investiu 25 milhões de euros numa empresa norte-americana de tecnologia de carregamento sem fio WiTricity para carros elétricos.

De acordo com o explicado, as duas empresas trabalharão agora, principalmente e em conjunto, para impulsionar a adoção de padrões globais para carregamento sem fio de veículos elétricos de passageiros e comerciais leves, para permitir a interoperabilidade entre veículos e infraestrutura. Além disso, ambas as partes colaborarão para avançar no desenvolvimento técnico de sistemas de carregamento sem fios,

 

A Siemens afirma que, para que os veículos autónomos cumpram a sua promessa e ajudem na descarbonização do setor automóvel, os principais pontos de atrito, como o carregamento, precisarão ser removidos. “A transferência de energia sem fio será a tecnologia-chave para permitir o carregamento automático sem contato com menos requisitos de manutenção e abrir caminho para um futuro de mobilidade totalmente elétrica e totalmente autónoma”, afirma a empresa.

Markus Mildner, CEO da Siemens eMobility, afirmou: “Combinar a presença global da Siemens e o portfólio de carregamento de veículos elétricos com a tecnologia inovadora da WiTricity é o primeiro passo para elevar a nossa oferta no espaço de carregamento sem fios. Isso acelerará a implantação da tecnologia de carregamento sem fios, apoiará a padronização e promoverá a infraestrutura de carregamento público com soluções interoperáveis ​​para conveniência dos motoristas”.

 

Alex Gruzen, CEO da WiTricity, acrescentou: “O carregamento sem fios permite que um motorista simplesmente estacione e vá embora, retornando a um veículo carregado. O carregamento sem fio torna os EVs mais atraentes para proprietários individuais e mais econômicos para operadores comerciais. Estamos empolgados em fazer esta parceria com um líder como a Siemens para ajudar a impulsionar esse novo mundo de soluções atraentes.”