Quantcast
Gestão energética

Repsol com resultado líquido de mais de 3 mil milhões até setembro

Repsol com resultado líquido de mais de 3 mil milhões até setembro

A Repsol registou 3.222 milhões de euros de resultado líquido ajustado entre janeiro e setembro. A empresa, nesse período, trouxe parceiros para os seus negócios Upstream (Exploração e Produção) e Renováveis para estimular a sua transformação, o seu perfil multienergético bem como de descarbonização.

A atividade da Repsol gerou mais de 11.8 milhões de euros em contribuições fiscais, sendo que foram pagas em Espanha mais de 70%.

 

A área de Upstream, que desenvolve a sua atividade fora de Espanha, obteve um resultado de 2.431 milhões de euros.

A Repsol anunciou hoje, dia 27 de outubro, uma proposta de aumento de renumeração aos seus acionistas em 11%, no próximo ano e, no último trimestre, chegou a um consenso com os representantes dos trabalhadores sobre um quadro de acordo que vai entrar em vigor até ao final de 2024, em que foram estabelecidos aumentos salariais bem como fórmulas de teletrabalho.

 

A empresa continuou os seus investimentos centrados na Península Ibérica. Os investimentos totais foram de 2.397 milhões de euros, entre janeiro e setembro, mais 47% do que no mesmo período de 2021.

O investimento médio da Repsol de um milhão de euros por ano em instalações de refinação possibilitou o crescimento e a otimização do uso dos seus ativos para responder às tensões no mercado internacional de combustíveis decorrentes da Guerra na Ucrânia.

 

A empresa irá antecipar, em três anos, o objetivo de recompra e resgate de ações para o período 2021-2025 e estima conseguir resgatar 75 milhões de ações até ao final de 2022.

Subscreva a nossa newsletter e não perca os principais projetos em termos de mobilidade na cadeia de abastecimento.