Quantcast
Supply Chain 4.0

APOL elege novos órgãos sociais e traça metas para os próximos dois anos

A Associação Portuguesa de Operadores Logísticos (APOL) anunciou ter levado a cabo, no passado dia 31 de março de 2022, em sede de Assembleia Geral, a eleição dos novos órgãos sociais do organismo para o mandato 2022-2024.

Vitor Figueiredo, CEO da Zolve, foi eleito presidente da APOL, sendo acompanhado por Rui Gomes, da DHL Supply Chain como secretário, e por Sérgio Batalha, da STEF Portugal, que fica como tesoureiro.

 

Para o mandato 2022-2024, a recém-eleita Direção da APOL apresenta como principais linhas orientadoras promover ações concertadas, em parceria com outras associações do sector, que permitam dar resposta não só às problemáticas atuais e futuras do setor, mas também aumentar a visibilidade e representatividade da APOL. Adicionalmente, pretende-se garantir que aos associados chega informação atempada e pertinente sobre todas as atividades da associação.

“Os operadores logísticos enfrentam atualmente um ambiente de grande incerteza. Depois de um período longo de disrupção causado pela pandemia, a crise energética, as tendências inflacionistas, a dificuldade em recrutar e a escassez de materiais e matérias resultam em forte pressão para quem gere operações logísticas. É em períodos como os que vivemos que o associativismo mais faz sentido na defesa dos interesses das empresas que trabalham no sector”, afirma Vitor Figueiredo, Presidente da APOL.

 

Confira a composição dos restantes órgãos:

Assembleia Geral:

 

Presidência – RANGEL, representada por Nuno Rangel

Vice-presidência – STEF Portugal, representada por Fabrice Carré

 

Tesoureiro- AMERICOLD, representada por Hugo Oliveira

Conselho Fiscal:

Presidência- LUIS SIMÕES, representada por José Luis Simões

Relator- ID LOGISTICS, representada por Vitória Nunes

Secretário- DB SCHENKER, representada por António Paulo