Quantcast
Gestão energética

Complexo Petroquímico de Sines: Contrato de investimento com a Repsol está fechado

A aicep Global Parques e a Repsol Polímeros celebraram esta terça-feira, 19 de julho, um contrato para a expansão do Complexo Petroquímico de Sines, aumentando o investimento da empresa de origem espanhola de 760 milhões de euros para 1.360 milhões de euros.

Numa cerimónia onde este presente o ministro dos Negócios Estrangeiros, João Gomes Cravinho, explicou-se que este investimento visa “a construção de duas novas fábricas da Repsol Polímeros em Sines, no montante de 760M€. Uma fábrica de polietileno e outra de polipropileno, que a partir do segundo semestre de 2025 irão fornecer em proximidade, segurança e preço os mais relevantes clusters da indústria exportadora nacional, dos componentes automóveis aos dispositivos médicos, passando pelo food packaging.”

 

De acordo com o anunciado em comunicado, “o impacto direto esperado destas duas fábricas na balança comercial nacional ascende a 1.000M€, ao substituir 400M€ de importações, promover 200M€ de atividade industrial adicional e 400M€ de exportações. Para acolher estas duas novas fábricas e projetos associados, a Repsol já contratou mais 50 hectares na ZILS – Zona Industrial e Logística de Sines.”