Quantcast
Sustentabilidade

BP e Iberdrola estabelecem acordo para acelerar transição energética

BP e Iberdrola estabelecem acordo para acelerar transição energética

A Iberdrola e a BP anunciaram, hoje, dia 28 de julho, um plano para definir uma aliança estratégica, de modo a acelerar a transição energética em Portugal, Espanha e no Reino Unido.

As empresas querem aumentar a infraestrutura pública para carregar veículos elétricos e o promover o desenvolvimento de centros de produção de hidrogénio verde nos três países.

 

A Iberdrola e a BP pretendem investir até mil milhões de euros para criar uma rede de 11000 pontos de carregamento público, até 2030 e permitir o acesso a automóveis de passageiros, a frotas de veículos pesados e carrinhas, acelerando a mobilidade elétrica.

O plano, segundo comunicado, “(…) inclui a instalação e operação inicial de 5000 pontos de carregamento rápido até 2025” e “(…) as empresas estão também a estudar o desenvolvimento de soluções conjuntas para servir os clientes de veículos elétricos no Reino Unido”.

 

A Iberdrola e a BP pretendem criar uma joint venture para produzir, de forma integrada, o hidrogénio verde e os seus derivados como amoníaco verde e metanol para que seja exportado para o Norte da Europa.

A meta é o desenvolvimento de centros de produção de hidrogénio em Portugal, Espanha e no Reino Unido, com capacidade até 600.000 toneladas por ano.

 

Ignacio Galán, presidente da Iberdrola, referiu que, graças ao acordo, a empresa pretende “(…) ajudar a avançar na descarbonização e autossuficiência energética através da eletrificação de dois setores fundamentais da nossa economia, os transportes e a indústria”.

O CEO do Grupo BP, Bernard Looney, afirmou que “(…) o desenvolvimento de soluções energéticas com baixo teor de carbono exige a integração de diferentes tecnologias, capacidades e formas de energia”.

 

As empresas têm a ambição de finalizar os acordos de joint venture até ao final deste ano.

Subscreva a nossa newsletter e não perca os principais projetos em termos de mobilidade na cadeia de abastecimento.