Quantcast
Smart Cities

Eurodeputados dos transportes querem disponibilização digital de dados de tráfego

Eurodeputados dos transportes querem disponibilização digital de dados de tráfego

A Comissão dos Transportes e do Turismo (TRAN) do Parlamento Europeu aprovou novas regras para os sistemas inteligentes de transporte rodoviário. O objetivo é aumentar a digitalização do setor, melhorar a conexão entre as diferentes aplicações de mobilidade e assegurar uma maior partilha de dados.

Segundo explicado em comunicado,  os eurodeputados querem que dados cruciais como os limites de velocidade, obras rodoviárias ou acidentes estejam disponíveis digitalmente e através de uma interface de utilizador adequada.

 

A TRAN apoia ainda o alargamento do âmbito de aplicação das novas regras para abranger serviços mais emergentes, tais como informação multimodal, serviços de reserva e bilhética, comunicação entre automóveis e infraestruturas e mobilidade automatizada.

 

Os eurodeputados querem também que a implantação deste tipo de serviços seja tecnologicamente neutra, não discriminando determinados utilizadores, e que seja enumerado o impacto ambiental das opções de mobilidade oferecidas aos consumidores.

A Comissão dos Transportes insta igualmente a que os estados-membros da União Europeia cooperem melhor entre si neste tipo de serviços, através da partilha de boas práticas e desenvolvimento de projetos conjuntos.

 

“Os sistemas inteligentes de transporte salvarão vidas, por isso temos de garantir que são neutros tecnologicamente, compatíveis e interoperáveis com outras aplicações. Devemos também evitar a discriminação no acesso a aplicações e serviços, tendo em conta as necessidades dos utilizadores vulneráveis”, disse a relatora Rovana Plumb.

O projeto vai agora ser enviado para votação no Plenário do Parlamento Europeu, seguido pelas negociações com estados-membros para definir a forma final da legislação.