Quantcast
Tecnologia

Porto de Tianjin torna-se inteligente e sem carbono

Porto de Tianjin torna-se inteligente e sem carbono

O Porto de Tianjin, na China, sofreu uma transformação inteligente e digital com a utilização de um sistema de transporte horizontal inteligente da Huawei, baseado em Inteligência Artificial (IA), com uso comercial através de condução automática sem condutor, autossuficiente em eletricidade verde e com zero emissões de carbono.

Cada contentor do Porto de Tianjin, com a solução da Huawei, consome 20% menos energia e cada grua de cais opera, por hora, 39 unidades de contentores.

 

No porto, idealizado pelo Tianjin Port Group (TPG), juntamente com a Huawei e outros parceiros, as gruas de cais, controladas à distância, levantam os contentores que são carregados com a mercadoria que deve ser transportada para os navios de carga. De seguida, os navios de carga levam os contentores em camiões porta-contentores elétricos não tripulados que se dirigem para as estações de bloqueio como de desbloqueio automático. Por fim, dá-se a condução para o parque de contentores.

O Porto de Tianjin, no final do ano passado, alcançou uma capacidade de carga de 435 milhões de toneladas e a capacidade dos contentores superou o valor de 18,35 milhões de TEU. Para além disso, apresenta uma capacidade para 300000 toneladas, possui 128 ancoradouros acima das 10000 toneladas assim como 192 ancoradouros de vários tipos.

Subscreva a nossa newsletter e não perca os principais projetos em termos de mobilidade na cadeia de abastecimento.