Quantcast
Urbanismo

Carros vão deixar de circular na Avenida da Liberdade aos domingos e feriados

Carros vão deixar de circular na Avenida da Liberdade aos domingos e feriados

A Câmara Municipal de Lisboa aprovou uma proposta do Livre para reduzir em 10 km/h a velocidade máxima de circulação permitida atualmente, assim como eliminar o trânsito automóvel na Avenida da Liberdade aos domingos e feriados.

De acordo com a agência Lusa, a eliminação do trânsito resulta da reativação do programa “A Rua é Sua”, alargando a outros locais da cidade e prolongando o período em vigor. Anteriormente, o programa previa apenas a eliminação da circulação dos automóveis no último domingo de cada mês.

 

O corte deve ainda ser alargado a todas as freguesias, aplicando-se a “uma artéria central (ou mais) com comércio e serviços locais, para que todos os fregueses de toda a cidade possam experimentar fazer as suas deslocações de proximidade a pé de forma segura e confortável sem necessitar do automóvel próprio”, lê-se na proposta do Livre.

Esta medida faz parte da iniciativa “Contra a guerra, pelo clima: proposta pela redução da dependência dos combustíveis fósseis na cidade de Lisboa”, que foi aprovada com sete votos contra da liderança PSD/CDS-PP, duas abstenções dos vereadores do PCP e oito votos a favor, designadamente cinco do PS, um do Livre, um da vereadora independente Paula Marques e um do BE.

 

A proposta aprovada defende também a promoção da utilização dos transportes públicos, que privilegie a articulação e harmonização a nível metropolitano, bem como a “tendencial gratuitidade”; o incentivo às formas de mobilidade suave, alargando o alcance da rede Gira, da rede de BiciParks e da rede ciclável; e o reforço dos incentivos e dos objetivos relativos às frotas partilhadas de empresas constantes do Pacto de Mobilidade Empresarial para a Cidade de Lisboa (PMEL), quer de veículos automóveis, quer de velocípedes partilhados.