Quantcast
Sustentabilidade

Bosch vai investir quase 500 milhões de euros na eletrólise de hidrogénio até 2030

Bosch vai investir quase 500 milhões de euros na eletrólise de hidrogénio até 2030

A Bosch vai investir quase 500 milhões de euros na eletrólise de hidrogénio até 2030 e 300 milhões de euros no negócio de bombas de calor até 2025. As revelações surgiram à margem da apresentação dos resultados da empresa para 2021.

Em comunicado, a Bosch revela que a receita de vendas aumentou 10,1% para 78,7 mil milhões de euros, e o resultado operacional (EBIT das operações) aumentou mais de metade atingindo os 3,2 mil milhões de euros. A margem EBIT das operações melhorou 4%, em comparação com os 2,8% no ano anterior.

 

“O resultado bem-sucedido do ano comercial de 2021 reforça a nossa confiança à medida que enfrentamos o ambiente desafiante do ano atual”, afirma o presidente do conselho de administração da Robert Bosch GmbH, Stefan Hartung.

Uma das principais incertezas é a guerra na Ucrânia e todas as suas implicações. Stefan Hartung acredita que a guerra retardará o progresso na redução das emissões de carbono no curto prazo. A longo prazo, no entanto, acelerará a transformação tecnológica na Europa.

 

“Os decisores políticos podem olhar para o que esta situação como estímulo para agir com maior determinação – seja disponibilizando incentivos para tornar os edifícios existentes mais eficientes em termos energéticos ou através da expansão em grande escala da geração de energia renovável”, afirma.

Dessa maneira, o responsável da Bosch acredita que a eletrificação é o caminho mais rápido para a neutralidade climática, desde que seja baseada em eletricidade verde. É por isso que a Bosch está a impulsionar a mobilidade sustentável: em 2021, os pedidos da empresa relacionados com a eletromobilidade ultrapassaram, pela primeira vez, os dez mil milhões de euros.

 

Ao mesmo tempo, o presidente da Bosch anuncia que, nos próximos três anos, a empresa investirá mais dez mil milhões de euros na transformação digital dos seus negócios.

Investimentos sustentáveis

A Bosch está a entrar no negócio de componentes para eletrólise de hidrogénio. A empresa está a fornecer a pilha – o núcleo do sistema de eletrólise de hidrogénio – que combina com eletrónica de potência, sensores e uma unidade de controlo para criar um módulo inteligente. As pilhas para geração H2 devem entrar em produção já em 2025.

 

Aliado a isso, na produção industrial, a Bosch está a intensificar esforços para melhorar a eficiência energética e de custos nas suas fábricas.