Quantcast
Transportes

Bosch e Universidade do Porto vão desenvolver projeto de mobilidade inteligente

iStock

A Bosch e a Universidade do Porto (U.Porto) vai colaborar num projeto de inovação – Projeto THEIA – na área da mobilidade inteligente. A parceria envolve um investimento superior a 28 milhões de euros, a aplicar até 2023.

Em comunicado, as duas entidades revelam que este consórcio irá integrar cerca de 55 novos colaboradores da Bosch e mais de 70 investigadores da Universidade do Porto. O projeto THEIA tem como objetivo investigar e desenvolver soluções no âmbito da melhoria das capacidades sensoriais de veículos autónomos. Recorre, para isso, a algoritmos de perceção baseados nos dados recolhidos pelos seus sensores – com especial foco nos sensores LIDAR.

 

“Não temos dúvidas que estas parcerias são a chave para impulsionar a inovação, o desenvolvimento científico e a criação de emprego qualificado. É por isso que continuaremos a trabalhar no sentido de promover estas relações que são sinónimo do reconhecimento da qualidade do talento e da dinâmica do ecossistema de investigação e desenvolvimento que existe em Portugal”, afirma o representante da Bosch em Portugal, Carlos Ribas.

Já o reitor da Universidade do Porto, António de Sousa Pereira, salienta que “as universidades reúnem massa crítica, meios tecnológicos e know-how especializado. Desta forma queremos contribuir superlativamente para a valorização económica do conhecimento e, ao mesmo tempo, encontrar no tecido produtivo empresas que possam ser nossas parceiras em projetos de inovação e em programas de estudos avançados, como é este caso da Bosch”.